Pages

Blogroll

Total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Sistema prisional realiza operação varredura na Penitenciária Nelson Hungria

PDF Imprimir E-mail
operacao-varredura-penitenciaria-nelson-hungria-credito-lucia-sebe-0165.1.jpg
O Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, passou por uma operação de varredura nesta segunda-feira (24), realizada por quatrocentos agentes do Grupo de Intervenção Tática (GIT), do Comando de Operações Especiais (Cope) e de outras unidades prisionais. O mesmo procedimento será realizado em todas as 120 unidades administradas pela Superintendência de Administração Prisional (Suapi) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), para retirar armas, celulares ou outros materiais ilícitos que porventura sejam encontrados dentro das celas.

De acordo com o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira, as revistas rotineiras já fazem parte dos procedimentos operacionais padrões do sistema prisional. “O que nós mudamos foi a forma, com a integração das equipes de várias unidades para garantir mais agilidade e qualidade do trabalho”, explica.

Na Penitenciária Nelson Hungria a operação começou às 6h de hoje e será finalizadas na manhã de terça-feira (26), quando as cerca de 1.300 celas da unidade terão sido vistoriadas, além do pátio e área externa dos pavilhões. A ação conta com o acompanhamento do Ministério Público, do Tribunal de Justiça, da Defensoria Pública, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Os casos em que forem encontrados materiais ilícitos nas celas serão relatados em um comunicado a ser enviado ao conselho disciplinar da unidade e ao juiz da execução penal, que avaliará as consequências penais do ato para o detento envolvido.
Crédito fotos: Lucia Sebe

Nenhum comentário:

Postar um comentário